Frete Grátis para todo o BRASIL para compras a partir de R$ 400,00
Ganhe +10% DESCONTO pagando via ❖PIX
Frete Grátis para todo o BRASIL para compras a partir de R$ 400,00

Cigarro Eletrônico: Como conservar e-líquidos da forma mais adequada

Você usa cigarro eletrônico? Saiba que há muitos fatores que têm a ver com a conservação adequada de e-líquidos.

Certos cuidados devem ser tomados com os líquidos, tanto com aqueles já prontos para vaping quanto com aqueles que podemos criar através da alquimia, para evitar que percam o sabor ou estraguem.

Se o líquido estiver bem preservado, deve fornecer um bom sabor, mas se não estiver, o sabor pode ter desbotado ou afetado a experiência de vaping.

Aqui falamos sobre quando podemos considerar que um líquido estragou, bem como algumas causas que podem estragar seus líquidos.

As principais razões que podem acabar com nossos líquidos e piorar nossa experiência de vaping são principalmente quatro: água, ar, luz e calor.

A água é uma das piores coisas que podem acontecer aos líquidos. Isso pode destruir a experiência de vaping.

Da sensação de vaping, do sabor ou até da duração das resistências. A água pode prejudicar sua resistência ou algodão, tirando o sabor e até causando um pouco de tosse.

É algo bastante desagradável, e pode ser devido a várias causas.

O normal é que isso aconteça se deixarmos a garrafa de líquido aberta. A glicerina vegetal, como já sabemos, é higroscópica, o que significa que absorve a umidade do ambiente.

É também por isso que notamos a boca seca quando se faz uso de cigarro eletrônico demais e por que é importante que os vapers permaneçam bem hidratados.

Isso também significa que, quando você deixa seu líquido aberto, especialmente em ambientes úmidos, a glicerina absorve a umidade do ar e se mistura com o líquido, resultando em um sabor menos forte.

Então o remédio é simples. Você deve se lembrar de manter seus líquidos fechados.

Como saber se o seu líquido está ruim

Quando pensamos que um líquido “estragou”, muitas pessoas podem pensar em alimentos que estragam quando ultrapassam o prazo de validade, e esse não é o caso.

Os líquidos não têm ingredientes que possam ser decompostos da mesma forma que os alimentos. Quando um líquido estraga, não é perigoso no sentido de criar mofo ou bactérias.

Líquidos, quando vão mal significa simplesmente que não vão produzir a mesma experiência vaping satisfatória.

As moléculas dos líquidos são alteradas ao serem expostas principalmente ao oxigênio. Isso faz com que certas moléculas evaporem, como as que mantêm o sabor ou as da nicotina.

Por esse motivo, depois de um certo tempo, os líquidos não serão agradáveis ​​para nós.

Além disso, um e-líquido que deu errado pode não fornecer o mesmo impacto de nicotina que muitos vapers procuram quando compram um cigarro eletrônico do tipo mod ou pod.

Vida Útil

Em geral, um líquido pode ter uma vida útil de cerca de dois anos. Este é o tempo que leva para o líquido mudar em um nível molecular a ponto de interferir em sua capacidade de atender às necessidades de um vaper.

No entanto, muitos vapers descobrem que certos tipos de sabores perdem o sentido após um ano.

Muito disso tem a ver com os ingredientes dos quais os líquidos são feitos. Por exemplo, acredita-se que os sabores de frutas tendem a durar menos do que aqueles com aromas de tabaco ou menta.

Como posso saber se meu líquido está estragado?

Existem várias maneiras de descobrir se um líquido não está mais apto para ser apreciado.

A primeira seria simplesmente observar a garrafa. Se o seu líquido estiver muito mais escuro do que quando você o comprou, ele pode estar estragado.

Outra característica é que o líquido se tornou muito mais denso e espesso.

O cheiro também pode nos dar uma pista. Se cheirar um pouco obsoleto, obsoleto, amargo ou apenas uma única nota, provavelmente não está certo.

Finalmente, um esclarecimento óbvio, se ao vaporizá-lo notamos que o sabor mudou, tem um gosto estranho ou simplesmente o sabor praticamente desapareceu, é um sinal inequívoco de que foi danificado.

Em suma, devemos tentar cuidar de nossos líquidos, pois, embora não seja perigoso vapear um líquido “expirado”, isso afeta nossa experiência de vaping.

É sempre preferível desfrutar de um líquido com todo o seu sabor e com a garganta atingida e assim evitar, para todos aqueles que entram no vaping para deixar de fumar, a possibilidade de regressar aos perniciosos cigarros tradicionais.

Gostou desse material?

Compratilhe nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email
Comece a digitar para ver os produtos que procura.